(pt) federacao anarquista gaucha: Nota de repúdio à repressão no ato contra o aumento das passagens em Porto Alegre De Resistência Popular Estudantil

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2017 - 09:51:04 CET


Denunciamos a ação truculenta e repressiva da Brigada Militar, que neste final de tarde 
fez uso de bombas de gás lacrimogêneo, de efeito moral e até mesmo disparos de bala de 
borracha a fim de dispersar manifestantes que foram às ruas protestar contra o aumento da 
passagem de ônibus em Porto Alegre. O ato seguia pela Avenida Borges de Medeiros quando a 
BM, abusando da sua tática covarde tão recorrente, atacou pelas costas os manifestantes. 
Muitos foram feridos por estilhaços de bombas e balas de borracha, alguns companheiros 
foram detidos. Durante a dispersão, até mesmo a cavalaria entrou em ação, perseguindo e 
prendendo aqueles que protestavam. ---- Reiteramos que as ações chamadas pelo Bloco de 
Lutas pelo Transporte Público visam ao transporte 100% público, em que um direito de todos 
não seja a galinha dos ovos de ouro de uma meia dúzia de empresários. POR UM TRANSPORTE 
PÚBLICO, SOB CONTROLE DOS PRÓPRIOS TRABALHADORES E COM AMPLA PARTICIPAÇÃO POPULAR NAS 
TOMADAS DE DECISÃO!

Ainda, em tempos de tão alardeada crise, nos impressiona o tamanho do efetivo destacado do 
BOE para fazer a "segurança" do ato. Se falta dinheiro para outras áreas, como saúde e 
educação, como não falta dinheiro para compra de armamentos que só servem para a repressão 
de manifestações?

TODA SOLIDARIEDADE AOS 6 ATIVISTAS DO BLOCO DE LUTAS QUE RESPONDEM PROCESSO PELAS LUTAS DE 
2013!

A LUTA NÃO SE REPRIME! PROTESTO NÃO É CRIME!!

POR UM TRANSPORTE 100% PÚBLICO E DE QUALIDADE!

CONTRA O AUMENTO E A REPRESSÃO, LUTA E ORGANIZAÇÃO!!

Resistência Popular!

Foto: Luís Eduardo Gomes, Jézica Bruno/CP e Mídia Ninja

https://federacaoanarquistagaucha.wordpress.com/2017/02/10/nota-de-repudio-a-repressao-no-ato-contra-o-aumento-das-passagens-em-porto-alegre/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt