(pt) anarquismo: [FARPA] A justiça não é cega. Ela é racista e burguesa. Libertem Rafael Braga! by Coordenação Anarquista Brasileira

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 29 de Abril de 2017 - 09:33:34 CEST


Quase quatro anos depois de ter sido preso, sob inacreditável motivação de portar duas 
garrafas de Pinho Sol lacradas, o jovem ex-catador de latas Rafael Braga Vieira tem sido 
continuamente atacado pelo Estado do Rio de Janeiro, principalmente pela Polícia Militar e 
Poder Judiciário. Desta vez, o Tribunal de Justiça condenou Rafael Braga a 11 anos de 
prisão por tráfico drogas e associação ao tráfico, após um falso flagrante em 2014 forjado 
por militares na favela Cascatinha, em Vargem Grande. ---- Único condenado das 
manifestações de junho de 2013, sem sequer estar participando de algum ato, Braga havia 
sido deslocado ao regime aberto com uso de tornozeleira eletrônica. Entre os episódios 
abusivos nesse período, está o confinamento de Rafael Braga a 10 dias em uma solitária, 
por ter tirado uma foto em um muro, por sugestão de seu advogado, com os dizeres: 
"Enquanto você olha da esquerda pra direita, o Estado te esmaga de cima pra baixo".

Não demorou para que aprofundassem ainda mais as afrontas contra o rapaz, imputando outras 
acusações e confinando-o novamente ao sistema prisional. Os policiais obrigaram Rafael 
Braga a segurar drogas e cheirar cocaína, caso ele não revelasse os nomes de traficantes 
locais. Não há dúvidas de que a sentença é resultante de uma série de brechas jurídicas, 
negativas injustificadas de diligências solicitadas pelos advogados, e cujas únicas 
"provas" são os testemunhos dos próprios policiais. Essas práticas violentas da Justiça e 
da Polícia são extremamente comuns e cotidianas em alvos com cor e classe estruturalmente 
escolhidos.

Enquanto aumenta a revolta em todo o país contra o racismo estrutural da Justiça que 
vitimiza mais um morador de favela, comprovadamente inocente das acusações, o Estado se 
levanta e responde com ainda mais agressões. Não há preocupação em sequer disfarçar a 
arbitrariedade das decisões e o empenho em destruir a vida de Rafael Braga. Manifestamos 
total repúdio a toda essa trama desenvolvida pelos órgãos do Rio de Janeiro, cujo desfecho 
e causa são, simultaneamente, esse golpe extremamente articulado e escancarado do Estado 
contra a população periférica e negra.

Libertem Rafael Braga! Justiça racista e burguesa!
Solidariedade é mais que palavra escrita.

Federação Anarquista dos Palmares

https://anarquismo.noblogs.org/?p=720


Mais informações acerca da lista A-infos-pt