(pt) [Grécia] Sobre os incidentes na manifestação antifascista de 8 de outubro By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 24 de Outubro de 2016 - 12:43:47 CEST


Texto da Assembleia de anarquistas-comunistas pelo contra-ataque de classe contra a União 
Europeia, publicado em sua página web. ---- No sábado 8 de outubro o bando de nazis 
interconectados com o Corpo Nacional de Espionagem Aurora Dourada inaugurou seus 
escritórios"sindicais" no bairro de Pangrati. Após uma iniciativa de companheiros e 
companheiras dos bairros vizinhos foi convocada uma manifestação antifascista na mesma 
hora (que o evento fascista), com o fim de anular a festinha fascista. Ao chamado 
responderam coletividades do âmbito anarquista e antiautoritário, sindicatos de base, 
organizações esquerdistas e antirracistas, individualidades, assim como habitantes dos 
bairros vizinhos. Mais de 1.000 antifascistas se manifestaram para não deixar nem um 
centímetro quadrado de terra aos esbirros do Capital, e para impedir com sua presença a 
difusão do veneno fascista.

Como Assembleia de anarquistas-comunistas pelo contra-ataque de classe contra a União 
Europeia, optamos por participar na informação sobre as características da mobilização, 
reforçando ao mesmo tempo com nossa participação sua salvaguarda da violência policial e 
as provocações fascistas. Durante a marcha, ao chegar a duas maçãs (quadras) antes do 
cordão policial, um grupo de poucas pessoas, as quais marchavam encapuçadas pela calçada, 
em paralelo à marcha (apesar de que os organizadores e a salvaguarda lhes pedissem que se 
incorporassem à marcha), começou a armar-se quebrando pedras .

No marco da salvaguarda da marcha, dois companheiros, membros de nossa Assembleia, se 
aproximaram a este grupo-quadrilha, dizendo-lhes amavelmente que sua atitude não serve aos 
objetivos da marcha. Então alguns deles atacaram a nossos companheiros tratando de 
pegá-los. Defendendo nossa dignidade política e a integridade física de nossos 
companheiros, não deixamos esta agressão sem resposta, exercendo a mínima violência que 
correspondia à atitude destas pessoas. Seguiu um pequeno conflito, sobretudo discussão, 
entre membros da Assembleia, companheiros de outras coletividades que participavam na 
salvaguarda, e dita quadrilha. Deixamos claro por todos os meios que sua presença naquele 
lugar devia ser concordante e respeitosa às características (da marcha), tal como surgiram 
do processo coletivo que havia convocado a manifestação.

Em nome de uma insurrecionalidade mal interpretada, desde faz muito tempo somos 
testemunhas de incidentes nos quais certos indivíduos ou quadrilhas fazem o que lhes dá 
vontade, tem uma atitude que prejudica aos companheiros, e não duvidam em exercer 
violência, muitas vezes excessiva, a todos os que se oponham a suas práticas. Como 
Assembleia de anarquistas-comunistas pelo contra-ataque contra a União Europeia, sendo um 
segmento ativo do movimento, queremos deixar claro que seguiremos salvaguardando as ações, 
as estruturas e a totalidade da luta de lógicas políticas pequeno-burguesas, oportunismo, 
violência antissocial, brutalidades e arrogância, em detrimento de outros. Não vamos 
consentir que nenhum comportamento de violência substitua e determine (condicione) nossos 
processos coletivos, e se dá por fato que a mão que se atreva a pegar a companheiros 
receberá a resposta que merece.

PS. Com respeito ao debate aberto no Indymedia na coluna "Debates, perguntas, opiniões", 
sobre o incidente, a Assembleia é chamada "valentões", "policiais do partido comunista", 
etc., com um montão de inexatidões e mentiras sobre os fatos, desinformação e referências 
a nosso papel no movimento como Assembleia. Nos posicionamos sobre esta coluna. Nossa 
opinião é que a luta das ideias, das táticas, das posições e das opiniões no seio do 
movimento se realiza dentro da luta e seus processos e não atrás do anonimato do teclado.

Assembleia de anarquistas-comunistas pelo contra-ataque de classe contra a União Europeia

O texto em castelhano:

http://verba-volant.info/es/sobre-los-incidentes-en-la-manifestacion-antifascista-del-8-de-octubre/

Tradução > Sol de Abril


More information about the A-infos-pt mailing list