(pt) organizacao de base: [Paraná]Nota de solidariedade a Escola Nacional Florestan Fernandes do MST

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 9 de Novembro de 2016 - 14:53:21 CET


No dia 04/11/2016 Policiais do GARRA invadiram sem mandado judicial a Escola Nacional 
Florestan Fernandes do MST em São Paulo na ação violenta batizada de "Operação Castra". Na 
operação, policiais dispararam com armamento letal e proferiram ameaças de todas as 
ordens, inclusive de morte aos estudantes, professores e trabalhadores presentes. A 
cantora Guê Oliveira e o bibliotecário Ronaldo Valença, de 64 anos, foram presos e 
agredidos pela Polícia pelo argumento arbitrário de "desacato". ---- A "Operação Castra" 
pretende criminalizar e prender militantes dos Acampamentos "Dom Tomás Balduíno" e 
"Herdeiros da Luta pela Terra", militantes assentados da região central do Paraná. Segundo 
nota do MST, a operação já prendeu 6 lideranças do movimento e estão a caça de outros 
trabalhadores, sob diversas acusações, inclusive "organização criminosa".

Nós do Movimento de Organização de Base - PR repudiamos a violência da Polícia e tentativa 
de criminalização dos movimentos sociais pelo Estado. Os ataques da Operação Castra não 
são imparciais e são apenas continuidade de vários outros ataques ao movimento. No dia 07 
de abril deste ano, as famílias organizadas no Acampamento Dom Tomas Balduíno já tinham 
sido vítimas de outra emboscada realizada pela Policia Militar e por seguranças 
contratados pela empresa Araupel - empresa madeireira que atua de forma criminosa em terra 
da União. Na emboscada, foram disparados mais de 120 tiros que assassinou Vilmar Bordim e 
Leomar Orback e deixou inúmeros feridos a bala. Até hoje, nenhum dos envolvidos foi 
criminalizado.

Frente a criminalização dos movimentos sociais, nos colocamos em solidariedade ao 
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra para denunciar mais uma vez o papel violento 
do Estado e da Polícia nas terras assentadas para trabalhadores rurais assim como nas 
periferias e ocupações dos centros urbanos.

Lutar não é crime!
Lutar, construir Reforma Agrária Popular!
Lutar, criar poder Popular!

https://organizacaodebase.wordpress.com/2016/11/07/parana-nota-de-solidariedade-a-escola-nacional-florestan-fernandes-do-mst/


More information about the A-infos-pt mailing list