(pt) Brazil, Coletivo Quebrando Muros - Nota de Apoio ao Antifa 16

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 8 de Junho de 2015 - 15:08:51 CEST


Nós do coletivo Quebrando Muros viemos ao público manifestar nosso apoio e solidariedade a 
luta antifascista, e principalmente na luta pela libertação de um companheiro que se 
encontra preso pela justiça burguesa há mais de um ano, Adriano De Souza Martins, 
conhecido como Para-raio. ---- Curitiba sempre fora marcada historicamente pela grande 
presença e atuação de gangues neonazistas na cidade que pelas ruas escurecidas e 
esquecidas da cidade modelo cometem e promovem os mais covardes episódios de violência. 
Atrás de um discurso nacionalista e conservador, defendem uma ideologia atrasada de ódio e 
intolerância, perseguem e agridem minorias: pessoas negras, gays, lésbicas, pessoas 
trans*, nordestinos, moradores e todos aqueles que se levantam contra essa ameaça. Mas 
diante de todo esse horror há ainda quem ouse resistir e combater a disseminação dessas 
ideias. Surgem assim grupos organizados, como o coletivo Antifa 16, que tem sofrido 
perseguições e ameaças constantes desses grupos fascistas.

Em março de 2014, ocorria o evento do Psycho Carnival na praça Eufrásio Correa, próximo ao 
shopping Estação. Durante a apresentação de algumas bandas, um grupo de neonazistas 
atacaram algumas pessoas que estavam ali assistindo ao evento. Diego Batista, conhecido 
como Xaropinho, foi esfaqueado covardemente por um grupo de 5 neonazistas, levando 6 
facadas, sendo todos eles maiores e mais fortes. Durante toda a confusão, Adriano 
(Pararaio) é preso pela policia, acusado de esfaquear todos, inclusive seu próprio amigo 
Xarope, o que ressalta a incongruência da investigação policial, deixando sempre claro seu 
caráter e de que lado se encontra nesta trincheira: no dos muito bem afortunados jovens de 
classe media, que se escondem atrás da influencia e do poder econômico de suas famílias.

Para-raio se encontra encarcerado há mais de um ano. Enquanto isso, os que esfaquearam o 
Xaropinho e tantas outras pessoas estão livres e soltos nas ruas, com o aval da justiça 
para continuarem espalhando o ódio e medo na vida das pessoas. E Para-raio, por não ter 
condições de pagar um bom advogado nem ser filho de um, continua sendo mais um dentre 
milhares que compõe as estatísticas carcerárias do país, num sistema prisional atrasado 
que só se baseia numa única resposta para o problema da criminalidade: a prisão em massa 
da juventude pobre e negra desse país. País este que tem a 3ª maior população carcerária, 
que prende porque no futuro isso pode se tornar lucro. Um sistema de exterminação da 
classe pobre, negra e periférica, mas que jamais poderá ser uma proposta de reabilitação 
para a sociedade.

Para-raio, bastante conhecido na contracultura punk da cidade de Curitiba, um jovem que 
tem ideais, que acredita em outra sociedade, diferente dessa que se estrutura em 
exploração e dominação, ousou acreditar e ousou lutar por um mundo sem racismo, sem 
homofobia, onde todos sejam iguais e livres. Sempre contestou as injustiças sociais. Não 
se calava, não se submetia ao que lhe era imposto. E quando não aceitou ver seu amigo ser 
esfaqueado por cinco covardes e tentou livrar seu amigo dos agressores, foi porque 
acreditou naquilo, na resistência, e acabou pagando caro pela sua reação. Continua pagando 
o preço, só que paga mais ainda por não pertencer a uma classe privilegiada, que é o que 
importa antes de mais nada para ser encarcerado e privado de sua própria vida neste sistema.

Declaramos total repúdio a mais essa ação de criminalização dos movimentos sociais, e 
manifestar total apoio aos que lutam, aos que não se calam, aos que se encontram abaixo e 
a esquerda, e aos que ousam se levantar contra esse mundo de opressões e injustiças.

BASTA DE CRIMINALIZAÇÃO!!
LIBERDADE JÁ PARA PARA-RAIO!!
VIVA A LUTA ANTI-FASCISTA!!
SOLIDARIEDADE AO COLETIVO ANTIFA 16!!

DIEGO BATISTA PRESENTE!

https://quebrandomuros.wordpress.com/2015/06/04/nota-de-apoio-ao-antifa-16/


More information about the A-infos-pt mailing list