(pt) Lançamento Faísca ANARQUISMO BÚLGARO EM ARMAS

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2009 - 09:36:08 CEST


Para comprar, entrar em contato com vendasfaisca  riseup.net.
ANARQUISMO BÚLGARO EM ARMAS
Michael Schmidt * R$ 8,00 * 80 páginas * Faísca
Neste livreto publicamos uma história escrita pelo militante da Zabalaza
Anarchist Communist Front [Frente Anarco-Comunista Zabalaza], da África do
Sul, que trata de um episódio do anarquismo pouco conhecido entre os
brasileiros. O anarquismo na Bulgária, retratado em Anarquismo Búlgaro em
Armas, traz ao leitor as experiências de organização e luta que se deram
em torno da Federação dos Anarco-Comunistas da Bulgária (FAKB) que,
inspirada na controversa Plataforma Organizacional publicada pelos russos
exilados do Dielo Truda em 1926, foi capaz reorganizar o anarquismo nos
fins da década de 1910, conseguindo transformá-lo na terceira maior força
da esquerda no país. A FAKB foi responsável por organizar movimentos de
trabalhadores rurais e urbanos, e trabalhar sua propaganda de maneira
efetiva, em meio a dois golpes fascistas (1923 e 1934) e às investidas
comunistas. Junto a esta história, publicamos a Plataforma da Federação
dos Anarco-Comunistas da Bulgária de 1945, documento programático que
reflete as posições da FAKB. De acordo com o autor:

“A Plataforma da FAKB trata de questões cruciais em termos de táticas e
organização, rejeitando a forma de organização em partido político, por
ela ser “estéril e ineficiente, incapaz de responder às metas, às tarefas
imediatas e aos interesses dos trabalhadores”. Ao contrário, ela defende a
“verdadeira força dos trabalhadores”, “a economia e suas organizações
econômicas. Somente aí está o campo em que o capitalismo pode ser minado.
Somente aí está a verdadeira luta de classes.” Em relação à organização, a
FAKB determinou que vários tipos de organização da classe trabalhadora são
indispensáveis e entrelaçadas, sem subordinação de uma à outra:
organizações ideológicas anarco-comunistas, sindicatos operários,
sindicatos de agricultores, cooperativas e organizações culturais e de
interesses específicos, por exemplo, de jovens e de mulheres.”

Sem dúvida, este é um livro que contribuirá para que seja possível
conhecer as experiências do anarquismo organizado, em outros momentos da
história, e em outras partes do mundo.


Faísca Publicações Libertárias
www.editorafaisca.net
faisca  riseup.net
vendasfaisca  riseup.net








More information about the A-infos-pt mailing list