(pt) [Brasil] MASSACRE DE CORUMBIARA 1995 - Filme

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 4 de Janeiro de 2008 - 10:07:59 CET


PARA NÃO DEIXAR ESQUECER!
Trazemos a luz dos dias do século XXI a história esquecida
pela esquerda brasileira, traída pelo PT desde 1996 e que levou
ao rompimento do Movimento Campones Corumbiara com o
MST, atravé de um filme (parte 1 e parte 2), muito significativo
sobre o massacre de Corumbiara. São fimes de curta-metragem
dirigidos por Georges Bourdoukan.

Para melhor compreensão dos que não conhecem os fatos publicamos um texto
da professora Helena Angélica de Mesquita, Professora do Curso de
Geografia da UFG/Campus de Catalão, parte de sua tese de doutorado.

Vendo o filme e o texto, fica claro o caracter perverso do sistema
que, ao se apropriar dos meios de produção (infra estrutura),
apropria-se da mão-de-obra e do "exército de reserva" para manter
seus lucros e a propriedade parasitária em detrimento de toda a
sociedade. Ao controlar os meios de priodução, controla por
conseqüência o Estado, fabricam leis em sua defesa, mantém
exércitos e polícias e o judiciário, os meios de comunicação e até
o pensamento religioso, para submeter toda a sociedade...
acreditando nas suas "verdades."

Enfim, criam nas "cabeças" o preconceito contra os proletários,
os despossuidos e os pobres.

O Massacre de Corumbiara


Massacre de Corumbiara - parte 1

Massacre de Corumbiara - parte 2

http://br.youtube.com/watch?v=vad4IMYo_aQ

- CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DA QUESTÃO SOCIAL!
- PELA REVOLUÇÃO AGRÁRIA!

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

CORUMBIARA: O MASSACRE DOS CAMPONESES.

RONDÔNIA/BRASIL 1995

Helena Angélica de Mesquita
Professora do Curso de Geografia da UFG/Campus de Catalão


------------------------------------------------------------------------------

Corumbiara: o massacre dos camponeses. Rondônia/Brasil 1995 (Resumen)

O massacre de Corumbiara mostra que o conflito na fazenda Santa Elina tem
as mesmas características de milhares de conflitos por terra que
aconteceram e acontecem no Brasil, e que o massacre de Corumbiara tem a
mesma gênese de tantos outros massacres acontecidos contra camponeses,
posseiros e índios ao longo de quinhentos anos de luta pelo acesso e posse
à terra, evidenciando que o país ainda não resolveu sua questão agrária.

No dia 14 de julho de 1995, centenas de famílias ocuparam uma pequena
parte da fazenda Santa Elina no município de Corumbiara (Rondônia), e na
madrugada do dia 9 de agosto aconteceu o massacre de Corumbiara. Os
camponeses que viveram vinte e cinco dias de esperança da terra prometida,
de repente, abismaram-se num inferno dantesco, onde homens foram
executados sumariamente, mulheres foram usadas como escudos humanos por
policiais e por jagunços; pessoas foram torturados por longas horas e o
acampamento foi destruído e incendiado.

Na apuração dos fatos, nos processos judiciais e no júri, ficou
evidenciado que os camponeses é que pagaram muito caro por terem sonhado
com o acesso à terra e por terem ido à luta para concretizar aquele sonho,
que, afinal, é o sonho de milhares de sem terra. Ninguém foi
responsabilizado pelas torturas que aquelas pessoas sofreram, os órfãos e
as viúvas estão desamparadas, existe gente desaparecida até hoje e muitos
trabalhadores estão debilitados física e emocionalmente, por sequelas
causadas pelos maus tratos recebidos durante a desocupação da fazenda
Santa Elina.

Palavras chaves : massacre, conflito, camponês, sem terra, Corumbiara.


------------------------------------------------------------------------------

Corumbiara: the peasant´s massacre. Rondonia / Brazil) 1995 (Abstract)

The Corumbiara´s massacre and shows that the conflict in Santa Elina farm
has the same caracteristics of thousands of conflicts for land that
happened and happen in Brazil; and that the Corumbiara´s massacre happened
against peasants, possessors and indians during the five hundred years of
fighting for the possession and access of the land, showing that the
country haven´t solve these land questions yet.

In 1995, on July 14th, hundred of families occuped a small part of the
Santa Elina farm in the borough of Corumbiara and in the earliness of
August 9th, the Corumbiara´s massacre happened. The peasants lived
twenty-five days of hope for the promissed land, sudden they stun in na
anuful hell, where men were briefly executed, women were used as human
shields by policemen and gun man; people were tortured for long hours and
the camps was destroyed and afice.

In the examination of the facts, in the judicial processes and in the jury
what was showed is that the peasants payed very expensive for having
dreamed with the access of the land and for having gone to the figth for
materializing that dream, after all, this is the dream of the thousands of
landless. Nobody was blamed for the torture that those people suffered,
the orphans and the widows are abandoned, there are people disappeared and
many workers are phisic and emotionally debilitaded by residue caused
because of bad treats received during the disocupation of Santa Elina
farm.

Key-words: massacre, conflict, peasants, landless, Corumbiara.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Vejam também os sítios ligados ao Movimento Pela Reativação da COB/AIT:

http://www.grupos.com.br/blog/sindicalista.2001/
http://fospcob.blogspot.com/
http://osyndicalista.blogspot.com/

Contato com a Seção Brasileira da AIT:
cobforgs  yahoo.com.br
fospcobait  yahoo.co.uk

FOSP - Federação Operária de São Paulo.
Filiada a:
COB - Confederação Operária Brasileira.
ACAT - Associação Continental Americana dos Trabalhadores.
AIT - Associação Internacional dos Trabalhadores.

A EMANCIPAÇÃO DOS TRABALHADORES SERÁ OBRA DOS PRÓPRIOS TRABALHADORES.






More information about the A-infos-pt mailing list